Lala Laiá convida: Sidmar Vieira, Jorginho Neto & Cauê Silva

O 5º EPISÓDIO DE LALA LAIÁ TRAZ UMA ESPÉCIE DE ‘DREAM TEAM’ DA NOVA MÚSICA BRASILEIRA. Para a nossa homenagem ao sambista Zé Keti, convidamos Sidmar Vieira (trompete), Jorginho Neto (trombone) e Cauê Silva (percussão) para interpretar um arranjo de Leandro Cabral que evoca a estética afro-brasileira de outros dois grandes mestres: Moacir Santos e Letieres Leite.

Sidmar e Jorginho possuem um som quente. Os dois tocam juntos há muito tempo e são músicos de destaque na cena atual em seus respectivos instrumentos. Ambos são ótimos solistas, com sobra técnica e largueza de sentimento’, defende o produtor artístico da nossa websérie.  ‘Já o Cauê nasceu na cultura do candomblé. Conhece as claves, os timbres e os meandros desse universo’, completa Leandro.

Formado por Sidmar Vieira (trompete), Vitor Cabral (bateria), Leandro Cabral (piano) e Robson Couto (baixo) o projeto Jorginho Neto Collective mistura jazz e funk com referências do pianista Herbie Hancock, do disco Head Hunters e do baterista Chris Dave.

PARA O TROMBONISTA JORGINHO NETO SOBRA TALENTO quando se trata de um bom e velho samba-jazz, estilo em que mais se destaca. O músico, que bebeu da sonoridade dos discos do baterista Edson Machado e do pianista Sérgio Mendes, teve seu talento reconhecido por ninguém mais ninguém menos que Raul de Souza, ícone do trombone, que certa vez declarou: ‘já se passaram muitos anos depois de Bocato e Vitor Santos. Agora apareceu esse jovem trombonista, com um talento e frases lindas e melodiosas. Continue nesse caminho Jorginho. Vai ser bom para a música brasileira’.

No tema ‘Leste’, o virtuoso Jorginho Neto apresenta toda sua sensibilidade acompanhado de Bruno Migotto (baixo), Bruno Tessele (bateria) e Edson Santanna (piano).

JORGINHO FEZ PARTE DA ORQUESTRA JOVEM TOM JOBIM, sob regência do maestro Roberto Sion, e passou a dividir o palco com grandes músicos como Roberto Menescal, Johnny Alf, Joyce, Raul de Souza, Frank Sinatra Jr, Gilberto Gil, João Bosco, Ivan Lins, Banda Mantiqueira, SoundScape, Sandália de Prata, entre outros. Atualmente toca em algumas das mais conhecidas big bands de São Paulo, como a Reteté, Sound Scape e Banda Urbana.

Jorginho Neto convida o lendário pianista Dom Salvador para interpretar a musica ‘Volta Dom’, em sua homenagem.

SIDMAR VIEIRA TAMBÉM FOI INTEGRANTE DA ORQUESTRA JOVEM TOM JOBIM onde acompanhou grandes ícones da MPB como, Jane Duboc, Adilson Godoy, Amilson Godoy, Fabiana Cozza, Jonny Alf, Duo Alemão e Jonas Sant'Anna, Alaíde Costa, Filó Machado, Mônica Salmaso, Margarete Menezes, Gilberto Gil, Ivan Lins, João Bosco, Rosa Passos, Zeca Baleiro, Luiz Melodia, Mart´nália, Baby do Brasil, Paula Lima, Elba Ramalho, Daniel Taubkin, Max de Castro, Simoninha, Claudio Zoli, Maestro Roberto Sion, Raul de Souza, Bocato, Proveta, Guilherme Vergueiro, Trio Corrente, César Camargo Mariano, Pedro Mariano, Elza Soares, Gilson Peranzzetta entre outros.

Arsis Piano Sessions apresenta Leandro Cabral Trio com Sidmar Vieira no trompete.

SIDMAR TOCOU COM IMPORTANTES MÚSICOS DA CENA INTERNACIONAL como, Maria Schneider, Frank Sinatra Jr, Zalon Thompson, Sax Gordon, Tia Carroll, J.J Jackson e Donny Nichilo. Atualmente lançou seu primeiro CD, Sidmar Vieira Quinteto, intitulado: “Livre”; e faz parte na Soundscape big band, Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de SP, Reteté big band, Banda Urbana, Márcia Castro, Deep Funk Session, Igor Prado Band, Sensacional Orchestra Sonora, Baile do Simonal com Max de Castro e Simoninha, Claudio Zoli, Tabatha Faer, Orquestra Saga e The Preachers.

O belíssimo tema ‘Minha Oração’ faz parte do disco de estreia de Sidmar Vieira, ‘Livre’, de 2012.

JEFFERSON CAUÊ SILVA FOI ESCOLHIDO PELA MÚSICA BEM CEDO. É Ogã desde criança, nome dado no Candomblé para aquele que canta e toca os atabaques para que as entidades possam trabalhar. Desde os 7 anos de idade Integra também o grupo de capoeira Luandaê, do Mestre Luizinho. Acompanhou o renomado percussionista DaLua em trabalhos como Maria Madalena, Ladodalua e Griot. E integrou a banda Santa Lunna e o Grupo Nuwance por 9 anos, com os quais excursionou o Brasil e participou da gravação de DVDs e programas de rádio e TV.

Registro feito durante o show de estreia do Griot no SESC Pompéia em 2014. O pgrupo formado por Leonardo Mendes e Dalua apresenta cantigas, batuques, maculelê e capoeira em uma show de vivências Afro-Mestiço-Brasileiras.

ATUALMENTE, CAUÊ ACOMPANHA AS CARREIRAS DAS CANTORAS Ana Cañas, Mariene de Castro, Mariana Aydar, Luê e Giana Viscardi, e, frequentemente participa das apresentações de Sara Tavares. Jorge Ceruto, Mestre Lumumba, Ully Costa, Sambetto e Leandro Cabral Quinteto.

Ao lado de Giana Viscardi no Radar Vevo interpretando a música ‘Linda’, que integra o album ‘Orum’ de 2013.

EITA COISA LINDA! Eu sou suspeito pra falar. Mas esse episódio de Lala Laiá tá muito bom (Veja a galeria de fotos do encontro aqui). Em parte pela originalidade do arranjo criado pelo pianista Leandro Cabral. Por outro lado, definitivamente, devido ao talento e generosidade desses convidados pra lá de especiais. Não perca, dia 02/03, próxima quarta, tem Sidmar Vieira (trompete), Jorginho Neto (trombone), Cauê Silva (percussão), Leandro Cabral (teclado), Rael (baixo), Vitor Cabral (bateria) e mais uma vez, esse que vos fala, Gut Simon, rasgando o verbo em nossa homenagem ao gigante Zé Keti. Saravá!