Lala Laiá convida: Cássio Ferreira & Josué dos Santos

NOSSOS PRIMEIROS CONVIDADOS SÃO DOIS MONSTRINHOS. Cássio Ferreira e Josué dos Santos são figuras carimbadas da cena instrumental paulistana e integrantes de grupos que representam a boa fase que essa música vive, apesar de todas as dificuldades de mercado.

Juntar a dupla de saxofonistas - um, sax alto, outro, sax tenor - pro 1º episódio de Lala Laiá (estreia 05/08) foi ideia do pianista Leandro Cabral, que ainda vai dar muito a cara por aqui. Produtor artístico e arranjador do projeto, Leandro é um grande apreciador do instrumento que, segundo ele, é “ágil, encorpado e permite muitas variações. O tenor e o alto juntos se complementam na questão de tessitura e timbre”. 

Um naipe de metal geralmente é formado por sax, trompete, trombone e flauta. Mas topei de cara. Assim que pensei na sonoridade dos dois saxofones juntos e no duelo que esses músicos talentosos fariam ao improvisar, cada um à sua maneira, no fim da canção. Cássio, como sempre, enérgico e veloz. Josué, ainda nas palavras do Leandro, com um “timbre grandioso e uma serenidade incrível ao improvisar”. Vai vendo só a confusão, né Ataulfo?!

Os dois tocando juntos na Reteté Big Band na gravação do DVD do Movimento Elefantes, de 2009. Josué no sax alto e flauta. E Cássio no sax tenor com direito a solo no 01:52s.

O CÁSSIO É DAQUELES QUE, LITERALMENTE, NASCEU COM UM DOM DIVINO. Ainda aos 4 anos, revelava um talento nato para a música na igreja que frequentava ao observar os músicos tocando e imaginar improvisos, antes mesmo de qualquer conhecimento musical. Mas foi o estudo e a ralação (claro!) que o levou em pouco tempo a ser convidado por grupos, big bands e artistas como Alcione, Beth Carvalho, Agnaldo Rayol, Zizi Possi, Elba Ramalho, Jair Rodrigues e outros. 

Show de lançamento do CD Meu samba no prato -- Tributo a Edison Machado (2012) do contrabaixista e arranjador Marcos Paiva. Participação especial da lenda Raul de Souza no trombone.

O DESENHO MELÓDICO DE SEUS IMPROVISOS E SUA TÉCNICA PERFEITA deram identidade a música do saxofonista, que ao longo da carreira dividiu o palco com grandes nomes da música instrumental como Nailor Proveta, Raul de Souza, Jovino Santos Neto, Jessé Sadoc, Bocato, Nelson Ayres, Sizão Machado, Grupo Pau Brasil. Banda Mantiqueira, Soundscape Big Band, Retete Big Band, Zerró Big Band, Atrium Jazz Band e Banda Savana. 

No Instrumental SESC Brasil com Michel Leme fazendo a música Merengue Maneiro do álbum “Michel Leme & A Firma”.

GRAVOU NOS ÁLBUNS DE ARTISTAS NOTÁVEIS como Djalma Lima, Michel Leme, Alex Buck, Marcos Paiva e Bruno Migotto. E tocou nas aberturas dos shows da gringaiada toda: James Carter, Ravi Coltrane, Richard Bona, Medeski, Martin & Wood e Joshua Redman. Atualmente integra os grupos Cinco por cinco (João Cristal), Marcos Paiva Sexteto (MP6), Alex Buck & Irmãos de Som, Reteté Big Band e Deep Funk Session.

O saxofonista Cássio Ferreira integra o Dwitza Project, projeto de jazz instrumental do compositor Ed Motta. Acompanhados também dos irmãos Cabral, que estão aqui na websérie Lala Laiá.

JOSUÉ DOS SANTOS É OUTRO CASCA. Apaixonado pelos universos do saxofone e da flauta, tanto na música erudita como no jazz, e sob forte influência destas duas correntes, integra alguns dos mais importantes grupos instrumentais paulistas.

No Instrumental SESC Brasil com a Banda Mantiqueira em homenagem ao grande Gonzagão. Improviso do Josué aos 05:22s. Bate zabumba!

TOCOU COM IMPORTANTES NOMES DA MÚSICA, tais como Dominguinhos, Alaíde Costa, Zimbo Trio, Arismar do Espírito Santo, Sizão Machado, César Camargo Mariano, Guilherme Vergueiro, Ohad Talmor, Hamilton de Holanda, Paquito D’Rivera e Gonzalo Rubalcaba.

No making of do disco "Benção", do contrabaixista Sizão Machado em homenagem ao maestro Moacir Santos.

ATUOU TAMBÉM EM DIVERSAS ORQUESTRAS: Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra de Câmara da USP, Orquestra Sinfônica de Brasília e Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo. Atualmente integra a SoundScape Big Band, Banda Mantiqueira e Banda Savana.

No SP Combo do trompetista Rubinho Antunes, Cássio e Josué juntos novamente interpretam a música brasileira com toda a liberdade do jazz americano.

PUTA SOM, NÉ NÃO?! CURTIU?! Então joga ai na agenda. Dia 05/08 tem Cássio Ferreira (sax alto) e Josué dos Santos (sax tenor) entortando um pouco a música do mestre Ataulfo Alves no 1º episódio de Lala Laiá. E mais: Leandro Cabral (teclado), Rael (baixo), Vitor Cabral (bateria) e esse que vos fala nos vocais. Vai perder?!